História do Sporting Clube da Covilhã
SC Covilhã 1 Leixões SC 1
Domingo, 24 Abril 2022 00:00

Rui Gomes atira para as redes leixonenses

Perante cerca de 1.500 espectadores, o Sporting Clube da Covilhã não foi além de um empate a uma bola na recepçã ao Leixões Sport Clube, num jogo em que esteve em vantagem no marcador devido ao golo de Rui Gomes, mas permitindo a igualdade no início da segunda parte.

Ainda alguns adeptos entravam no Estádio Santos Pinto e os serranos apanharam logo um susto neste jogo importante para as contas da manutenção na Segunda Liga, é que aos 2 minutos, no meio de um lance algo confuso, Zag obrigou Léo Navacchio a uma defesa espectacular para evitar os festejos visitantes. No entanto, o conjunto local não acusou esta ameaça e até dominou esta fase do encontro, delineando algumas acções perigosas para a baliza do emblema de Matosinhos, com destaque para o minuto 24, quando Kukula cabeceou um pouco ao lado das redes adversárias após um canto de Jean Felipe na direita. E aos 36 minutos surgiu mesmo o golo covilhanense, com Tiago Moreira a cruzar no lado direito para Rui Gomes aparecer na área a rematar certeiro, provocando uma visível alegria nas hostes locais. Aos 45 minutos, a formação serrana ainda voltou a introduzir a bola na baliza nortenha por Helitão, mas a arbitragem liderada por Luís Godinho tinha anulado o lance por fora de jogo do defesa central brasileiro, permanecendo assim a diferença miníma no marcador para o período de descanso.

A etapa complementar começou mal para as cores serranas, visto que o Leixões celebrou o empate aos 50 minutos pelo recém-entrado João Oliveira, que foi eficaz a rematar após um cruzamento de Kiki na esquerda que a defensiva local não conseguiu interceptar. O cenário estava agora mais complicado para o nosso clube e o nervosismo pairava no estádio serrano, com os adeptos a focarem também a sua atenção no árbitro Luís Godinho, que aos 65 minutos considerou não haver motivo para pontapé de penálti numa jogada de Rui Gomes na área forasteira. Os comandados de Leonel Pontes acreditaram na vitória até ao final do jogo e tiveram duas boas ocasiões para concretizarem esse objectivo: aos 84 minutos, um cabceamento de Helitão passou muito perto da baliza defendida por Bernardeau; e aos 90+3 minutos, Kukula cruza na direita para Samu não conseguir encostar a bola nas redes leixonenses, já com o guardião Bernardeau completamente batido. Foi o desespero nas cores serranas, que através deste 1-1 veêm as contas da permanência ficarem mais difíceis, seguindo-se uma deslocação do Sporting da Covilhã ao campo do Varzim SC, precisamente um dos opositores directos nesta corrida.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/ligaportugalsabseg/31/5

Actualizado em Domingo, 24 Abril 2022 20:08
 
João Dias
Terça, 19 Abril 2022 00:00

João Dias cumpriu os escalões de formação no SC Braga e no FC Porto, tendo somado 41 internacionalizações nas selecções jovens de Portugal, destacando-se a sua participação na conquista do Campeonato Europeu de Sub-17 em 2003, onde foi titular no triunfo por 2-1 diante da Espanha na final da prova. A nível sénior, a estreia de João Dias foi com a camisola da equipa B do FC Porto, representando depois AC Prato (Itália), FC Infesta, CD Santa Clara (duas passagens), CD Trofense, Académica de Coimbra (onde ajudou a vencer a Taça de Portugal 2011/2012) e Boavista FC, antes de assinar pelo Sporting da Covilhã para a época 2017/2018. Com as cores serranas, João Dias assumiu a titularidade no lado direito do sector defensivo, jogando oficialmente pelo nosso clube em 36 encontros, repartidos por 2ª Liga, Taça de Portugal e Taça da Liga. Posteriormente, João Dias rumou à União de Leiria, onde joga actualmente na 3ª Liga. Que lembranças têm das exibições de João Dias no onze covilhanense?

Actualizado em Terça, 19 Abril 2022 08:37
 
GD Chaves 1 SC Covilhã 0
Sexta, 15 Abril 2022 00:00

Em jogo a contar para a 30ª jornada da Segunda Liga, o Sporting Clube da Covilhã deslocou-se ao terreno do Grupo Desportivo de Chaves e foi derrotado pela diferença mínima (1-0), com o golo apontado pelos locais aos 42 minutos a ser suficiente para definir o resultado final.

Com a formação transmontana envolvida no luta pela subida à 1ª Liga, os covilhanenses tentaram surpreender o adversário na fase inicial da partida, com destaque para o minuto 5, quando um passe de Rui Gomes na esquerda deixou Diogo Almeita em posição favorável para festejar, só que o remate do n.º 9 saiu muito alto. O conjunto anfitrião não demorou a responder, mas também sem sucesso na hora da finalização, visto que o livre de João Teixeira foi bem defendido por Léo Navacchio e o cabeceamento de Patrick passou ao lado das redes visitantes. Aos 37 minutos, os flavienses reclamaram um castigo máximo num lance entre Tiago Moreira e Wellington, porém, o árbitro David Silva não considerou qualquer infracção do defensor serrano. Na sequência desta jogada, Paulinho atirou de longe para uma boa intervenção do guardião Léo Navacchio. O Desportivo de Chaves apresentava-se mais rematador e aos 42 minutos inaugurou mesmo o marcador por intermédio de Ricardo Guima, que assinou um belo remate ainda distante da baliza forasteira, mas que levou a bola para o sítio desejado pelo jogador flaviense, que assim colocou a sua equipa em vantagem para o tempo de descanso.

Na segunda parte, o onze liderado pelo técnico Leonel Pontes voltou a entrar melhor no jogo e ameaçou alcançar o tento da igualdade aos 51 minutos, porém, o remate de Rui Gomes passou por cima da baliza defendida por Paulo Vítor. Os covilhanenses bem se esforçavam para evitar a derrota, mas do outro lado estava um conjunto atento ao contra ataque, como aconteceu aos 64 minutos, em que Léo Navacchio foi decisivo na saída aos pés de Batxi para evitar problemas para a baliza serrana. Aos 69 minutos, um canto cobrado por Jean Felipe na esquerda ainda assustou o guarda-redes Paulo Vítor, naquela que seria a derradeira iniciativa mais ameaçadora para as hostes locais, visto que os transmontanos foram conseguindo controlar as intenções serranas até ao último apito do árbitro David Silva. A luta do Sporting da Covilhã pela manutenção no segundo escalão tem novo capítulo no próximo domingo, dia agendado para a recepção ao Leixões no Estádio Santos Pinto.

Texto: Eugénio Lopes.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/ligaportugalsabseg/30/6

Actualizado em Sexta, 15 Abril 2022 14:08
 
Jorge Luiz
Terça, 12 Abril 2022 00:00

O brasileiro Jorge Luiz foi um dos reforços do Sporting da Covilhã para a temporada 1966/1967, sendo proveniente do Sport Club do Recife, um histórico emblema do estado de Pernambuco e com grande tradição no Brasil. Jorge Luiz jogava preferencialmente no sector atacante, mas foi difícil a sua adaptação ao futebol português e acabou por ser pouco utilizado no onze principal do nosso clube. A nível colectivo, a única época em que Jorge Luiz envergou a camisola serrana ficou marcada por uma prestação positiva na Zona Norte da 2ª Divisão Nacional, em que o conjunto covilhanense foi o que menos golos sofreu nessa série, tendo alcançado o 4º lugar na classificação, embora algo distante do campeão FC Tirsense. Já na Taça de Portugal, a formação serrana foi eliminada logo na primeira ronda pelo FC Penafiel, também a militar no escalão secundário. Que memórias existem de Jorge Luiz com o símbolo covilhanense?

Actualizado em Terça, 12 Abril 2022 08:44
 
SC Covilhã 2 A Académica de Coimbra 0
Domingo, 10 Abril 2022 00:00

Felipe Dini remata para o segundo golo serrano

Vitória importante do Sporting Clube da Covilhã sobre a Associação Académica de Coimbra por 2-0, visto que estes três pontos permitem a subida dos serranos na tabela classificativa, ocupando agora uma posição acima dos lugares indesejados por todas as equipas. 

Perante uma moldura humana mais forte do que o habitual, o conjunto covilhanense até nem entrou bem no jogo, pois, esteve perto de sofrer um golo logo aos 8 minutos, quando o remate de Reko levou a bola ao poste da baliza defendida por Léo Navacchio. Galvanizada por este lance, a Académica esteve por cima na partida durante a primeira parte, embora sem voltar a criar uma acção perigosa para as redes locais. Os comandados de Leonel Pontes assinaram uma etapa inicial pouco dinâmica e apenas aos 39 minutos é que delinearam uma jogada merecedora de registo, com Helitão a chegar ligeiramente atrasado a um desvio de Kukula diante do guardião Stojkovic, permanecendo desta forma o nulo no marcador para o período de descanso.

No segundo tempo, o jogo começou mais movimentado e com a redonda a andar mais perto de ambas as balizas, mas com a grande oportunidade desta fase a pertencer ao onze covilhanense aos 61 minutos, em que Kukula acertou no poste das redes de Stojkovic após um passe de Diogo Almeida. O emblema local revelava-se agora superior ao adversário e aos 72 minutos introduziu mesmo a bola na baliza conimbricense por Helitão, no entanto, a jogada foi anulada pelo árbitro Manuel Oliveira devido à utilização do braço pelo defesa central brasileiro. Porém, volvidos alguns instantes, os covilhanenses abriram mesmo o "placard" do Estádio Santos Pinto, quando Kukula rubricou um remate espectacular para alegria dos adeptos locais. O conjunto anfitrião não se ficou por aqui e aumentou a contagem aos 83 minutos por intermédio de Felipe Dini, que surgiu isolado perante Stojkovic após um desvio de Kukula e atirou para o 2-0 que seria resultado final. E a diferença só não foi maior porque, aos 88 minutos, um livre directo apontado por Gilberto sofreu um ligeiro desvio que fez a redonda passar muito próximo da baliza academista. Com este triunfo, o Sporting da Covilhã deixa o lugar de acesso à liguilha, seguindo-se uma deslocação ao terreno do Desportivo de Chaves na próxima jornada da Segunda Liga.

Texto: Eugénio Lopes.

Fotografia: Filipe Pinto - Foto Académica.

Ficha de jogo: https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/jogo/20212022/ligaportugalsabseg/29/3

Actualizado em Domingo, 10 Abril 2022 14:58
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 5 de 227
Livro História SCC
.
fa

Livro História do Sporting Clube da Covilhã 1923-1990 disponível para aquisição na Foto Académica, localizada nas Escadas do Quebra Costas n.º 2 - Covilhã

ATLETAS
JOGADORES DE A a Z:
TREINADORES
OUTRAS FIGURAS
ENTREVISTAS
EVENTOS
CONTACTOS
OUTROS
REDES SOCIAIS

face

SPONSOR

Gigarte - Design e Comunicação

ESTATÍSTICA
Visualizações de conteúdos : 2774033